Pesquisar e Comentar
Slog sobre tomar rivotril durante a gravidez faz mal   
Share btn Facebook share Myspace share Twitter share
Comentários
Adicione o seu comentário (opcional):
* Introduza o seu comentário
Seu nome:
* Digite seu nome
Notifique-me sobre respostas a:
*Digite seu e-mail
*Introduza um email válido
CAPTCHA Image [ Outra Imagem ]
* Please enter the security code
Sugerir esta página em Google:
Ranita
tomar rivotril durante a gravidez faz mal por
Ranita
tomar rivotril durante a gravidez faz mal por CAMILA N.VANNUCCI DOS SANTOS
ACHO Q ESTOU GRAVIDA E GOSTARIA DE SABER SE POSSO tomar rivotril JÁ TOMO Á 5 ANOS.
Ranita
tomar rivotril durante a gravidez faz mal por chalimar
si fazer mal tomar rivotril 2mg na gravidez de um mese e meio
Ranita
tomar rivotril durante a gravidez faz mal por maria A. F.C.
tenho insuficiencia renal e alergia a cheiro sera que o rivotril pode fazer mal.
Ranita
tomar rivotril durante a gravidez faz mal por premiatto
vc toma o rivotril com orientação medica ?
deve consultar o medico
Ranita
tomar rivotril durante a gravidez faz mal por Benemar Tarifa
- Propriedades e efeitos
Em animais, o clonazepam apresenta propriedades anticonvulsivantes pronunciadas. Experimentações em animais e investigações eletroencefalográficas no homem demonstraram que o clonazepam produz inibição direta do foco epileptógeno cortical e sub-cortical, prevenindo ao mesmo tempo a generalização da atividade convulsiva. Portanto, Rivotril® apresenta um efeito benéfico sobre a epilepsia focal e as crises convulsivas primárias generalizadas.
O clonazepam potencializa a ação inibitória pré e pós sináptica do ácido gama-aminobutírico no SNC. A excitação excessiva é, desta forma, atenuada via feedback negativo, sem qualquer perturbação substancial da atividade neuronal fisiológica.

- Farmacocinética
O clonazepam é rápida e completamente absorvido após administração oral. Na maioria dos casos, as
concentrações plasmáticas máximas são alcançadas dentro de uma a quatro horas após administração oral. A biodisponibilidade média é de 90%.
O volume médio de distribuição do clonazepam é estimado em cerca de 3 litros por kg. Com dose diária de 6 mg, as concentrações plasmáticas em estado de equilíbrio dinâmico são 25-75 ng/ml. A ligação protéica do clonazepam é de 85%. O clonazepam atravessa a barreira placentária, podendo-se presumir que passe ao leite
materno. A meia-vida de eliminação da fase terminal está entre 20 e 60 horas. Dentro de 4 a 10 dias, 50-70% de uma dose oral de clonazepam são excretados pela urina e 10-30% nas fezes, quase exclusivamente sob forma de metabólitos livres ou conjugados. Menos de 0,5% aparecem na urina sob forma de clonazepam não modificado.
Quando o estado de equilíbrio dinâmico é alcançado após doses repetidas, as concentrações plasmáticas são quatro vezes superiores às observadas após dose única.
A biotransformação do clonazepam processa-se, de um lado, pela hidroxilação oxidativa e, de outro, pela
redução do radical 7-nitro com formação de composto 7-amino ou 7-acetilamino. O metabólito principal é o 7-amino-clonazepam que experimentalmente tem mostrado apenas leve ação anticonvulsivante. Foram identificados quatro outros metabólitos em pequena quantidade. As concentrações plasmáticas da substância
ativa que produzem efeito ótimo estão entre 20 e 70 ng/ml (55 ng/ml, em média). Com exceção da disforia, nenhuma correta correlação foi estabelecida entre concentrações plasmáticas e efeitos colaterais.
Uma dose oral única de 2 mg de Rivotril® começa a agir em 30-60 minutos, mantendo sua ação por 6 a 8 horas, na criança, e por 8 a 12 horas no adulto. Como ocorre com outras benzodiazepinas, a eliminação plasmática do clonazepam pode ser mais lenta em recém-nascidos, pacientes idosos e pacientes com insuficiência renal ou hepática. Isto deve ser considerado, ao se estabelecer a posologia do Rivotril® .

- Indicações
Rivotril® está indicado na maioria das formas clínicas da epilepsia do lactente e da criança, especialmente ausências típicas e atípicas (Síndrome de Lennox), Síndrome de West, crises tônico-clônicas generalizadas primárias ou secundárias. Rivotril® está igualmente indicado nas epilepsias do adulto e nas crises focais.
- Contra-indicações
Rivotril® não deve ser administrado a pacientes com hipersensibilidade aos benzodiazepínicos. Não
administrar durante os três primeiros meses de gravidez, a não ser em casos de extrema necessidade, pois como ocorre com outros benzodiazepínicos, não deve ser afastada a possibilidade de ocorrência de danos fetais. Evitar o tratamento prolongado em mulheres em risco de procriar. Existe a possibilidade do clonazepam
passar para o leite materno. Por essa razão, Rivotril® não deve ser administrado regularmente a lactantes.

- Precauções
Cuidados especiais devem ser tomados ao se determinar a posologia em pacientes com doenças renais, hepáticas ou em pacientes com doença crônica respiratória, glaucoma ângulo fechado, miastenia gravis, porfíria.
Como outras drogas deste tipo, o Rivotril® pode modificar o comportamento dos pacientes (por exemplo, dirigir veículos) em graus variáveis dependendo da dose administrada e da susceptibilidade individual.
Precaução especial ao se administrar Rivotril® a pacientes com miastenia grave, devido ao relaxamento muscular pré-existente.
Devido à possibilidade de ocorrência de alterações no desenvolvimento físico ou mental, torna-se importante avaliar a relação risco/benefício do uso de Rivotril® em crianças.

- Dependência
Pode ocorrer dependência quando da terapia com benzodiazepínicos. O risco é mais evidente em pacientes em uso prolongado, altas dosagens e particularmente em pacientes predispostos, com história de alcoolismo, abuso de drogas, forte personalidade ou outros distúrbios psiquiátricos graves.

- Abstinência
O início dos sintomas de abstinência é variável, durando poucas horas a uma semana ou mais. Nos casos menos graves, a sintomatologia da abstinência pode restringir-se a tremor, agitação, insônia, ansiedade, cefaléia e dificuldade para concentrar-se. Entretanto, podem ocorrer outros sintomas de abstinência, tais como sudorese, espasmos muscular e abdominal, alterações na percepção e, mais raramente delirium e convulsões. Na ocorrência de sintomas de abstinência, é necessário um acompanhamento médico bem próximo e apoio para o paciente. A interrupção abrupta deve ser evitada e adotado um esquema de retirada gradual.
Ranita
tomar rivotril durante a gravidez faz mal por Eleonora S
eu perguntei sobre o rivotril, eu fiquei sem tomar um dia e já me sinto mal, mais eu acho que é pq fico muito ansiosa, sem ele ai me sinto mal, o que eu tomo é o de 0,5mlg, e estou sem ele mais eu tenho aqui em casa o de 0,25mg esse é lingual ou seja coloca em baixo da lingua, será que faz mal?
Anúncios patrocinados
Slogs relacionados com tomar rivotril durante a gravidez faz mal
Ranita rivotril faz mal ao coração
Oi tenho TOC, síndrome do pânico e depressão.Comecei a tomar rivotril e asser...
por Tássia | Responder
Ranita tomar paracetamol e depois rivotril..
Re: fernandaClaro que sim! Benzodiazepínicos não podem
por Clara | Responder

Ranita tomar benzetacil faz mal Gravidez
Re: MILABEZOTASIO FAIS MAO NA GRAVIDEIS
por MILA | Responder
Ranita tomar rivotril uma vez por semana f..
Tomar Clonazepam a noite e no outro dia tomar a pílula do dia seguinte por pr...
por Andrea | Responder

Ranita rivotril faz mal o coração
tomo rivotril a algum tempo me sinto muito bem com ele, gostaria de saber se ...
por eliana daumas | Responder
Ranita rivotril faz mal
Acompanhamento médico.....Voce chega no psiquiatra e ele pergunta quantas c
por Adib Fuad Halim | Responder

Ranita tomar anticoncepcional na gravidez ..
se vc esta gravida,não vai adiantar tomar anticoncepcional,pq jah esta gravid...
por Kakashi Hatake | Responder
Ranita rivotril faz mal?
sem problema. bom casamento: fluox X rivotril. São mecanismos de ação d
por -ΔИDRÉ- | Responder

Ranita alprazolam faz mal Gravidez
se a sua vida não tem solução , e ja não tem nada a perder , arruine a todos ...
por Estudante da vida | Responder
Ranita faz mal tomar anticoncepcional esta..
você tem que saber se está gravida primeiro!
por Sнιnσbu | Responder

Ranita rivotril faz mal ao coração Doenças
Olá difícil te responder eu mesma estou passando o mesmo depois que arrombara...
por Ninah | Responder
Ranita faz mal tomar muito cha Gravidez
Deste jeito vc vai falir de tanto gastar em testes! Se tomou a pilula do dia
por Bel | Responder

Ranita maconha faz mal gravidez
Olá, uso maconha todos os dias há quase 5 anos. Quero engravidar e gostaria d...
por Veronica | Responder
Ranita faz mal tomar rivotril quem esta co..
faz mal tomar rivotril e omeprazol que esta com dengue?
por kelly | Responder

Filtro semântico:
Saúde Mental
Anúncios patrocinados
estou de 13 semanas é confiável eu u
www.slogbox.com.br
recomendar
tive sindrome do panico a 14 anos e hj tentando desmamar para poder engravidar to
www.slogbox.com.br
recomendar
oque faser para mim sair deça o medicoque me reseito ja moreu era pisiquiatra não
www.slogbox.com.br
recomendar
Pesquisando...
Anúncios patrocinados
Meus slogs
Seu e-mail:
Obrigado por nos ajudar a melhorar a qualidade deste sítio.
Português  |   Slogbox.com  |  Slogbox на Русском  |  Slogbox Argentina  |  Slogbox Autos  |  Slogbox Animales  |  Slogbox Computers  |  Entre em contato conosco
Todas as opiniões aqui expressas pertencem aos autores e não refletem, necessariamente, as opiniões dos Slogbox.com.br